Administação Pública

Sorriso: toque de recolher é prorrogado e tem horário alterado

Foto: Portal Sorriso

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin (PSDB), prorrogou por mais 15 dias o toque de recolher em Sorriso. A medida, publicada Terça (28), proíbe a circulação de pessoas na cidade das 23h às 5h (leia aqui). Além de visar a redução de contaminação do novo coronavírus, a medida também mira em beneficiar restaurantes e lanchonetes, que agora podem fechar seus estabelecimentos 1 hora mais tarde.

O toque de recolher foi estendido até o dia 12 de agosto. Até lá, das 23h às 5h fica vedada a permanência de qualquer pessoa e o trânsito em vias, equipamentos e locais públicos sob pena das cominações previstas em lei.

Todos os estabelecimentos comerciais – com exceção dos serviços essenciais – deverão encerrar suas atividades às 23h, conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico de Sorriso, Cláudio Drusina.

 “Os decretos são muito bem estudados. A categoria dos restaurantes e lanchonetes estava sendo prejudicada pela nossa cultura de alimentação. O nosso horário de pedida de refeições geralmente é às 20h30 e 21h e acaba ficando próximo perto das 22h, hora em que os estabelecimentos já teriam que fechar e vira aquela correria também entre os entregadores, o que poderia acarretar em acidentes. Isso começa a ficar inviável trabalhar. Estamos com a comunidade e representantes do comércio e com o aval do Ministério Público podendo flexibilizar. A ideia do prefeito é de que todos tenham direito ao seu ganha pão”, frisou Drusina.

Conforme o decreto, ficam proibidos, no horário estabelecido, a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, com exceção de deslocamento para serviços de saúde ou farmácias.

Texto: Luana Rodrigues/Portal Sorriso